Sonhar bem faz bem

Uma boa noite de sono pode fazer toda a diferença. É pensando nisso que o INER vem se dedicando a certificar produtos que garantam maior conforto, segurança e qualidade para você e sua família.

O Instituto Nacional de Estudos do Repouso – INER – foi criado em 1984, através da iniciativa pioneira de um seleto grupo de fabricantes de colchões e de matérias-primas, que sentiram a necessidade de criar uma instituição sem fins lucrativos, normativa e fiscalizadora, com o objetivo de regulamentar o mercado de colchões de espuma, oferecendo ao consumidor um produto com qualidade superior e com rígido controle de qualidade.

Para iniciar este trabalho de regulamentação e especificação, o INER realizou inúmeras pesquisas e testes dirigidos por médicos e técnicos, que examinaram e radiografaram diversas pessoas com os mais diferentes tipos físicos, deitadas em

diferentes colchões de espuma, revelando que uma pessoa deitada de lado deve ficar acomodada com a coluna reta e, para isso, precisa de um colchão adequado para suportar seu peso, distribuído por toda sua altura.

Os estudos indicaram que as pessoas precisam de diferentes tipos de colchões para acomodação adequada do corpo, pois os biotipos diferem uns dos outros em peso e altura.

Com base nestas pesquisas e estudos, foi desenvolvida a primeira norma técnica para a fabricação de colchões de espuma no Brasil. E para identificar esses colchões diferenciados foi criado o inédito Certificado de Qualidade Pró-Espuma.

Veja algumas dicas e materiais interessantes para o seu bem-estar e qualidade do seu sono.

Tabela de Biotipo

Além de criar a Norma Técnica para produzir colchões de espuma com qualidade, foi também desenvolvida por técnicos e médicos, uma Tabela de Biotipo, para indicar o colchão de espuma adequado para cada indivíduo, considerando a relação peso e altura.

Mas, para garantir o cumprimento das normas e dar mais credibilidade ao certificado, era preciso fiscalizar e testar os colchões de espuma produzidos e comercializados pelas empresas associadas ao INER, com a chancela do Certificado de Qualidade Pró-Espuma.

O Instituto Nacional de Estudos do Repouso continuou atento às necessidades do mercado e, em 2004 criou a primeira norma técnica para colchões de molas no País e o Certificado Pró-Molas, com o mesmo rigor e padrão empregado na Norma Técnica para colchões de espuma, elaborada em 1984.

E, em 2011, passou a certificar também estofados e travesseiros com o mesmo rigor aplicado nos colchões.

Afinal, aparentemente todos os colchões são iguais e o consumidor não tem em mente todos os detalhes que são importantes para escolher um colchão com qualidade e só vai saber se fez a escolha correta algum tempo depois que efetuou a compra.

Por esta razão, os produtos (colchão de molas, colchão de espuma, travesseiro e estofado) que ostentam os Certificados de Qualidade do INER são submetidos a rigorosos testes físicos. E, nos últimos quinze anos, estes testes são feitos pelo Senai de Curitiba, no Paraná, com o objetivo de verificar se estão sendo produzidos conforme as Normas Técnicas do INER, as mais rigorosas do mercado.

Portanto, juntamente com o INER surgiu também uma nova forma de se relacionar com o colchão. De um simples apoio para dormir, passou a ser sinônimo de qualidade de vida.

O que explica o fato dos colchões certificados terem superado a marca de 30 milhões de unidades vendidas no mercado nacional.

Fale Conosco

Envie suas dúvidas, comentários e sugestões para nós. Ficaremos felizes em responder!

Rua Dr. Albuquerque Lins, 537 - CJ. 66
São Paulo/SP

+55 11 3825-5530

contato@proespuma.org.br