Fiscalização e Testes

Com quase 3 décadas de existência, o Instituto Nacional de Estudos do Repouso - INER sempre manteve compromisso com a qualidade dos produtos certificados, aprimorando as normas técnicas e, principalmente, fiscalizando para que as normas sejam cumpridas, desde a linha de produção até as lojas.

Para garantir o controle de qualidade, o INER adquire mensalmente no mercado nacional colchões de espuma e molas, além de travesseiros e estofados certificados, para testar e aferir a manutenção da qualidade prevista nas normas técnicas do INER.

Conheça o processo de fiscalização:

Mensalmente, uma equipe especializada visita, aleatoriamente, lojas em todo o território nacional. Nessas lojas são adquiridos colchões de espuma e molas, travesseiros e estofados certificados pelo INER. Esses produtos, após prévia análise, são lacrados pelos técnicos e enviados, por meio de transportadoras, para serem testados no laboratório do Senai de Curitiba, no Paraná.

Acompanhe passo a passo os testes feitos nos colchões de espuma
teste-01.jpg

01

Dimensões - A primeira etapa é a medição. As medidas do colchão devem estar de acordo com aquelas indicadas na etiqueta. Neste momento também são observadas possíveis falhas e aspectos construtivos.
teste-02.jpg

02

Corpos de prova - Em seguida é retirada a capa do colchão e as lâminas de espuma são medidas e cortadas em corpos de prova, para a realização dos diferentes testes.
teste-03.jpg

03

Densidade - Verifica a quantidade de matéria-prima utilizada para produzir 1 metro cúbico de espuma, para garantir que o colchão possui a densidade indicada na etiqueta.
teste-04.jpg

04

Resiliência - Já o ensaio de Resiliência é utilizado para medir a velocidade de retorno da espuma quando comprimida e indica o grau de conforto do colchão.
teste-05.jpg

05

Fadiga - Neste próximo passo o ensaio verifica o comportamento da espuma quanto a durabilidade, perda de dureza e espessura, após sofrer 80 mil compressões, o que simula o ato de deitar e levantar.
teste-06.jpg

06

Tensão de Ruptura/Alongamento - Nesta etapa é verificada a força para romper a espuma, registrando também o percentual de alongamento no momento da ruptura.
teste-07.jpg

07

Deformação Permanente - Este ensaio determina a perda de espessura da espuma quando submetida a compressão de 90% a uma temperatura de 70 graus Celsius, durante 22 horas.
teste-08.jpg

08

Teor de Cinzas - Este ensaio é realizado para verificar se há presença de carga inorgânica na espuma, o que causaria um falso aumento da densidade e dureza da espuma. Ou seja, este ensaio é feito para constatar a pureza das matérias primas.
teste-09.jpg

09

Indentação (suporte de carga) - Verifica a dureza da espuma, que varia de acordo com a densidade, para que , obedecendo a tabela de biotipo (considerando a relação peso e altura), a pessoa escolha o colchão adequado.
teste-10.jpg

10

Resistência ao Rasgo - Aqui é determinada a resistência da espuma, registrando a força aplicada para rasgá-la.


Acompanhe os testes feitos nos colchões de molas

Para testar a qualidade dos colchões de molas certificados são aplicados vários testes. Entre eles, o de Força de Indentação e o de Rolagem. Veja como são feitos estes testes:

teste-rolagem.jpg

Teste de Rolagem - Este teste avalia a resistência e a durabilidade do colchão pronto. Após aplicar 50 mil ciclos com um rolo que pesa 110 quilos, é medida a perda em espessura e avaliada a possível quebra de molas. Aliás, até a bitola do arame usado na confecção da mola e também o número de molas por metro quadrado são analisados.

teste-indentacao.jpg

Força de Indentação - O teste de Força de Indentação é realizado antes e depois do teste de rolagem e verifica a perda de dureza do colchão, que não pode ser maior que 25%.

Além destes testes específicos, as espumas utilizadas no colchão de molas são avaliadas pelos ensaios que mostramos anteriormente.



Viu só quantos testes são realizados e como são rigorosos? Esta seriedade e comprometimento com a qualidade das empresas associadas ao INER, são os diferenciais dos colchões que ostentam os Certificados de Qualidade Pró-Espuma e o Pró-Molas há quase 3 décadas, beneficiando os consumidores e os revendedores. Afinal, ao vender um colchão com esta certificação você terá a segurança de oferecer o que há de melhor ao seu cliente, que ao invés de ter surpresas desagradáveis terá um produto garantido e com qualidade testada e aprovada.

O LABORATÓRIO

Instalado em uma área de 20.000 m2, o LABTEN - Laboratório Técnico de Ensaios do Senai - Centro de Educação Profissional, localizado em Curitiba - Paraná, é um dos mais renomados e modernos laboratórios de análises físicas do País, com certificação do ISO 9001 e testes acreditados pelo Inmetro.

Este centro de pesquisa e desenvolvimento prima pelo melhoramento técnico de produtos e empresas, e conta com equipamentos de última geração para análise de espuma e molas, que são operados por técnicos especializados.

Há mais de 15 anos o Instituto Nacional de Estudos do Repouso conta com os serviços do Laboratório do Senai, numa parceria de sucesso e credibilidade que já realizou testes em mais de 6.500 colchões.





laboratorio.jpg
Assista o vídeo com os testes feitos no senai de curitiba (pr)
30 anos